GREVE GERAL! ATÉ O BETO CAIR!

O Paraná tem vivido um momento de forte tensionamento político. O DESgovernador avaliou erroneamente que sua eleição em primeiro turno seria o suficiente para garantir a aprovação tranqüila de projetos que retiravam direitos dos servidores públicos. Não contou, porém, que o movimento sindical tivesse tanta força e apoio popular. Principalmente a assertiva direção da APP-Sindicato, que junto com a CUT, em nenhum momento recuou na luta em defesa dos trabalhadores.

Hoje, através da mídia, tivemos notícias de mais uma medida covarde deste DESgoverno. Com negociações em andamento, com reunião marcada para o próximo dia 19/05, com o Fórum de Entidades Sindicais indicando que aceitariam como reajuste o IPCA, ainda assim o governo informa que o reajuste será de 5%, com parcelamento e encerra negociação com os sindicatos.

Importante ressaltar as 5 questões apresentadas pelo DESgovernador:

  1. Fim das negociações com os sindicatos de servidores estaduais;
  2. Aumento Salarial de 5% parcelado em duas vezes;
  3. Abertura de processos por insubordinação contra diretores que mantiveram as escolas fechadas durante a greve;
  4. Registro das faltas e desconto no salário dos grevistas;
  5. R$ 260 milhões, ainda em 2015, para quitar benefícios que estão em atraso, como promoções e progressões de carreira. (lembrando que isso é dívida e não benefício).

Como pode fazer uma proposta tão equivocada. Num momento em que os trabalhadores estão unificados, que a sociedade apoia a greve, que a mídia mundial condena o DESgoverno pelo massacre do dia 29/04, ele se supera e piora ainda mais a situação. Além de propor um aumento que traz perda para os trabalhadores, ainda divulga que irá perseguir os diretores de escola.

Diretor de Escola que durante a greve mantêm a escola fechada pode ser acusado, no máximo, de ser coerente. Não tem professor na escola, ele vai fazer o que com os alunos? Deixar todos no pátio? Isso sim seria irresponsável.

Eu só consigo pensar que o DESgovernador é terrivelmente assessorado e nitidamente mal intencionado. Ele poderia sim terminar o conflito com os servidores neste momento. Era só negociar. Mas não. Prefere o conflito, acho até que o confronto, na verdade ele prefere mesmo o Massacre. Imagino até que já deva ter reposto o estoque de bombas de gás lacrimogênio, das bombas de efeito moral, de spray de pimenta e quem sabe até aumentou o número de Pit Bulls da Polícia Militar.

Para quem ainda não se deu conta, o PSDB sustenta esta gestão catastrófica. A finalidade é sim destruir o serviço público. É ideológico. Quanto mais sucateado o serviço público estiver, mais fácil convencer a população a aceitar as privatizações clássicas ou as medidas de ajustes neoliberais (fundações, terceirizações, OS’s, dentre outras). Se fosse diferente o partido já teria intervido publicamente após o Massacre do dia 29/04. Vamos lembrar disso nas próximas eleições: PSDB NUNCA MAIS , e sua base aliada também!

Não há como proceder de outra forma. Os servidores estaduais caminham sim em direção a uma GREVE GERAL. Na minha modesta opinião, o rumo deveria ser: GREVE GERAL ATÉ O DESGOVERNADOR CAIR

Anúncios

Qual sua opinião sobre este assunto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s