É só brincadeira. Você sabe que sou feminista né?

Não coleguinha, não é só uma brincadeira. Machismo não é piada. Machismo mata.  Quantas de nós já ouvimos companheiros de esquerda fazendo piadas machistas e se corrigindo imediatamente com um sorriso de canto de boca dizendo “você sabe que não sou machista, que é só brincadeira né?” ou “admita, essa foi engraçada”. Aviso: Piada Machista nunca é engraçada!

Já tem algum tempo que aprendi que homens que discutem feminismo são machistas em desconstrução. Para auxiliarmos neste processo, além de contribuirmos levando à eles o debate feminista, temos sim que corrigi-los quando reproduzem o machismo.

Ser militante não pode servir como desculpa para atenuar piadas machistas e/ou homofóbicas.  Ao contrário. Torna mais absurdo. Quando ouvimos piadas/falas de personagens machões e conservadores, como Alexandre Frota, Jair Bolsonaro, Diogo Portugal, Rafinha Bastos, entre outros, sabemos que reproduzem um discurso em que acreditam: o da sociedade patriarcal. Indignamo-nos e protestamos, não nos calamos diante de apologia a crimes contra a mulher. Porém quando ouvimos as mesmas piadas em nossos militantes do campo progressista o sentimento é de fracasso.

Faz algum tempo que tenho defendido que o movimento feminista precisa realizar, para além dos momentos exclusivos de mulheres que são essenciais para o empoderamento, espaços de formação feministas com e para os homens.

Já li muitos artigos “feministas” escritos por homens dizendo que as mulheres lutam pela divisão das tarefas domésticas. É verdade, mas não é só isso. Colocando desse jeito, parece que o problema é que não queremos mais arrumar a casa. Ora, precisamos ampliar o debate de gênero com nossos companheiros. Muitas vezes a intenção é boa, porém o conhecimento do tema é restrito.

Deixo aqui algumas questões para contribuir com o debate:

  • Não é não!
  • Estupro é crime. Violência contra a mulher é crime. Feminicídio é crime hediondo. Nada disso é piada.
  • O meu corpo é meu! A forma, as roupas e quem permito tocá-lo é decisão somente minha!
  • As mulheres não podem sofrer violência física ou psicológica por se recusar a fazer sexo.
  • As Mulheres devem escolher se, e quando, se tornarão mães.
  • Cuidar das crianças é obrigação de ambos os pais.
  • As atividades domésticas são de responsabilidade dos moradores da casa, sejam eles homens ou mulheres.
  • As mulheres devem ter autonomia para gerir seu dinheiro e seus bens. A conta do banco é da titular, não do marido ou do pai.
  • As mulheres devem receber o mesmo valor que os homens para realizar o mesmo trabalho.
  • As mulheres não podem ser espancadas ou mortas por não quererem continuar em um relacionamento afetivo.

Fica o desafio para os movimentos feministas: Debate de gênero com e para homens

Anúncios

Qual sua opinião sobre este assunto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s